ESCOLHE DE FORMA INTELIGENTE AS FORMAS DE CARDIO QUE USAS PARA PERDER GORDURA

Um problema comum que se enfrenta em algum momento, durante um programa de perda de peso, é o nível excessivo de fome. Quando o corpo recebe uma quantidade reduzida de calorias durante um longo período de tempo, eventualmente tenta reagir, e faz isso aumentando drasticamente a sensação de fome. 

Quando lutas para passar o dia com pequenas porções de comida e alimentos limitados, isto leva o processo de dieta para outro nível. Portanto, para teres sucesso na perda de peso, é importante que faças o possível para reduzir a sensação de fome. Existem várias técnicas que podem ser usadas como, por exemplo, adicionar mais fibras na dieta, aumentar a ingestão de proteína e gordura e reduzir os hidratos, para que o ciclo insulina-sangue-açúcar-fome não seja estimulado.

 

 

Estimulação do Apetite

Outra técnica que podes querer aplicar é observar o papel que o exercício físico desempenha na estimulação do apetite. Se fizeste um grande esforço durante o teu treino de força ou fizeste um treino HIIT, provavelmente percebeste que tiveste um aumento do apetite. Em alguns casos, esse apetite pode não ocorrer imediatamente após o treino (com algumas pessoas os exercícios intensos tiram o apetite), mas este volta mais tarde, durante o dia, e em força.

 

Estudo

Investigadores da Universidade de Loughborough recentemente avaliaram o impacto de fazer caminhadas no apetite, para perceber a sua ligação. Fizeram com que 14 jovens saudáveis ​​completassem dois ensaios de 8 horas, onde realizaram uma caminhada rápida de 60 minutos e depois descansaram durante 7 horas. Durante o estudo, foram oferecidas refeições num buffet aos jovens, duas vezes, e o apetite foi avaliado em intervalos de 30 minutos durante o período de descanso, bem como a grelina, glicose, insulina e lípidos.

 

Resultados

Os resultados do estudo indicaram que, apesar da caminhada criar um défice calórico (mais calorias gastas do que consumidas ao longo do dia), não aumentou significativamente o nível de apetite dos indivíduos, a ingestão de calorias ou macronutrientes nem os níveis de grelina no sangue. Os participantes do estudo não substituíram as calorias que gastaram durante a caminhada por um aumento na ingestão de alimentos, o que prova que a caminhada foi eficaz para aumentar a perda de gordura sem aumentar o nível de apetite.

 

Pontos a ter em conta

Antes de ires a correr fazer uma sessão de cardio intenso, é melhor reconsiderares. Não há dúvida dos benefícios que os treinos HIIT proporcionam quando o objetivo é a perda de gordura mas, se o teu nível de apetite começar a ficar fora de controlo e fizer com que consumas as calorias que gastaste nesse treino (o défice criado pelo exercício), então não é o método mais benéfico para perderes gordura.

Encontrar a combinação certa de exercícios para criar um défice calórico e controlar a fome é a tua melhor aposta para não teres apenas sucesso durante a dieta, mas também tornares o processo o mais tolerável possível.

 

Referência:

Broom, DR. et al. (2009). The Influence of Brisk Walking On Appetite, Energy Intake, and Plasma Acylated Ghrelin.  Med Sci Sports Exerc. Nove 23.